A década de 1970 marcou uma queda na indústria automobilística japonesa como resultado da crise do petróleo.

Os preços da gasolina começaram a subir,
e então surgiram várias outras dificuldades. O presidente dos EUA, Richard
Nixon, desvalorizou o dólar e anunciou uma sobretaxa de importação: os preços
do transporte subiram e o controle das exportações estava faltando. Para
superar esses problemas, a Nissan U.S.A. trouxe Chuck King, um veterano de
19 anos na indústria automobilística, para melhorar o gerenciamento, corrigir
erros de cobrança e minimizar danos no transporte. Como resultado, as vendas
continuaram a aumentar com a ajuda do modelo mais recente da Nissan, o
Datsun 210 ‘Honeybee’, que era capaz de viajar 41 milhas com um galão de
gasolina.
https://www.bariguiseminovos.com.br/curitiba/nissan
Em 1976 a empresa iniciou a produção de lanchas. Durante este tempo, a
modificação do modelo Datsun para o estilo americano também começou. As
adições incluíram detalhes sofisticados, racks de teto e ar condicionado. O novo
estilo dos automóveis Datsun foi destacado com a introdução do modelo 200SX
de 1980.
Durante a década de 1980, a Nissan estabeleceu instalações de produção na
Itália, Espanha, Alemanha Ocidental e Reino Unido. Um acordo de cooperação
aeroespacial com a Martin Marietta Corporation também foi concluído e os
protótipos Nissan CUE-X e MID4 foram introduzidos. Em 1981, a empresa iniciou
o longo e caro processo de mudar seu nome de Datsun para Nissan no mercado
norte-americano.

Leave a Reply

Your email address will not be published.